quarta-feira, 13 de maio de 2009

Este elo que nos une

Há um elo que nos une.

Há um elo tão forte que o consigo palpar no meu peito.

É um elo que trás ao de cima um sentimento, que de tão puro e de tão transcendente, se torna indiscritível.

Continua a ser um sentimento que me assoberba. É sublime.

É um elo que deixa uma marca indelével. Que me deixa as emoções à flor da pele. Que me deixa os instintos em "modo leoa".

É um sentimento que me modificou para todo o sempre, este do amor desmedido. Sinto que não me cabe no peito e por vezes é tão intenso que chega a doer...

Esperei toda a minha vida por ti, meu bebé, meu menino grande...




"Por mais que a vida nos agarre assim

Nos troque planos sem sequer pedir

Sem perguntar a que é que tem direito

Sem lhe importar o que nos faz sentir



Eu sei que ainda somos imortais

Se nos olhamos tão fundo de frente

Se o meu caminho for para onde vais

A encher de luz os meus lugares ausentes



É que eu quero-te tanto

Não saberia não te ter

É que eu quero-te tanto

É sempre mais do que eu te sei dizer

Mil vezes mais do que eu te sei dizer



Por mais que a vida nos agarre assim

Nos dê em troca do que nos roubou

Às vezes fogo e mar, loucura e chão

Ás vezes só a cinza do que sobrou



Eu sei que ainda somos muito mais

Se nos olhamos tão fundo de frente

Se a minha vida for por onde vais

A encher de luz os meus lugares ausentes



É que eu quero-te tanto

Não saberia não te ter

É que eu quero-te tanto

É sempre mais do que eu sei te dizer

Mil vezes mais do que eu te sei dizer"


Imortais - Mafalda Veiga

10 comentários:

Carla disse...

Muito bonito!!

Beijos

Mamã Pirata disse...

Concordo!
Tb n sei como vivi até aos 30anos sem o meu amor pequenino.
A nossa vida sem eles n faz sentido.

(ele está enorme).


bjs gds p vcs.

Lipa disse...

Lindo! É mesmo isso! Inexplicável mas magnífico.

persiana disse...

20 meses de paixão sem fim
beijokas grandes!!!

(ando com os horários terriveis por isso ainda nao enviei nunhuma data a desafiar-te a um encontrinho!!!)

persiana disse...

ah!!! e o Du está enorme!!! eu que me lembro dele, no ovo com um pacote de açucar na mão!!!!!
o tempo passa....

Gaivota disse...

:))

Mãe da Tiz disse...

Ele está tão grande!!! É mesmo um amor desmedido, que nos faz minimizar tudo o que existiu antes dele!
Parabéns mamã babada ;)

Recebi à pouco a tua encomenda e fiquei mesmo muito feliz! És um amor! Obrigada do fundo do meu coração!
Vou enviar-te um mail para falar melhor sobre as férias ;)

Mil beijos***

mimika disse...

Sim, é um elo que nem todas as palavras do mundo juntas conseguiriam definir! Ainda assim, tu usaste as mais bonitas ;)

Beijinhos

SCAS disse...

Recebemos esta sexta-feira o teu miminho. A Ana adorou os «pêxes»!!!
E eu os ganchinhos, q ela algum dia há-de segurar na cabeça :-D.
És uma querida. Obrigada!!!

Mamã Peixinha disse...

Oláááá!
Acreditas que quando ouço esta musica tb a associo de imediato à Lau?...Incrivel!
Foi simplesmente delicioso matar saudades vossas!
Um beijinho enorme!

PS - A Liliana contou-me. Quase nos conheciamos pah!!! Que pena...:( snif snif